Poesias

Posso definir minhas poesias como suspiros..
São suspiros não ouvidos da minh'alma..
São suspiros insaciaveis do meu coração..
São desejos e verdades,mentiras inventadas..
São momentos em que se perde a razão..
São sentimentos que deixam a roupa suja lavada..
São desabafos,claro com emoção..
São disfeitas bem feitas..
São convites recusados..
São os sentimentos esquecidos..
São amores nunca amados..

Que você posso ler esse blog e suspirar comigo,talvez você se identifique com alguma poesia,talvez não..
Mas de verdade deixo aqui os suspiros eternos do meu coração..

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Se o sol...



Se o sol aquecer o meu corpo inteiro
Eu sentirei o mesmo que senti
Quando o amor me encontrou a passeio
E como passeios são curtos,logo te perdi


Se o sol tocar meu corpo apenas
Eu entenderei o sentido da vida
Eu esquecerei os meus problemas
Eu encontrarei a saída


Se o sol simplesmente me aquecer
Bem saberei eu de todo meu sofrimento
Que não sei ser nada sem te ter
Acabo enlouquecendo em qualquer momento


Se o sol não vier,e nublado o céu ficar
Apenas eu saberei,amargamente
O que vou sentir e as lágrimas que vou chorar
Ninguem entenderá porque não estou tão sorridente


Se o sol for dormir,e a lua for chegar
Eu sentirei a dor ressurgir
E o meu peito sangrar
E esperando o sol chegar não vou dormir


Irei apenas ficar aqui
Esperando o sol,quem sabe chegar
E de novo quem sabe surgir
Junto do sol,você vindo me encontrar

Nenhum comentário:

Postar um comentário